Read, hack, repeat

A Rússia decidiu que seria uma boa ideia bloquear o ProtonMail no país

Ramon de Souza 0 min

O ProtonMail, provedor suíço que possibilita a troca de emails criptografados, acaba de ser bloqueado em toda a Rússia após uma recomendação do Serviço Federal de Supervisão de Comunicações, Tecnologia da Informação e Meios de Comunicação de Massa (Roskomnadzor). De acordo com o órgão, que é responsável por supervisionar os setores de mídia eletrônica e telecomunicações a nível federal, o serviço estaria sendo amplamente usado para disparar falsas ameaças de bomba de forma anônima.

O Roskomnadzor alega ainda que o ProtonMail se recusou a colaborar com o governo russo, que teria requisitado informações sobre os donos dos endereços de email associados com as ameaças. Tais incidentes ocorrem desde o ano passado e foram responsáveis por diversas evacuações de emergência em estabelecimentos públicos ao redor do país. Outro serviço de email similar, o Startmail.com, também estava sendo vítima de abuso e acabou sendo bloqueado pela Rússia.

Por outro lado, em um comunicado oficial, o ProtonMail nega ter recebido qualquer pedido de ajuda por parte da entidade russa e garante que o bloqueio é inútil para frear as ameaças, já que qualquer internauta com um pouco mais de conhecimento técnico poderá usar uma VPN para continuar utilizando o serviço. “Nós condenamos esse bloqueio como uma medida equivocada que apenas irá prejudicar as pessoas comuns”, afirmou a companhia.


Fonte: Reuters

Compartilhar twitter/ facebook/ Copiar link
Você se inscreveu com sucesso no The Hack
Bem vindo de Volta!
Massa! Você se registrou com sucesso.
Sucess! Sua conta está completamente ativada.