Read, hack, repeat

Funcionários do MySpace espionavam usuários, afirma site

Ramon de Souza

Uma reportagem publicada ontem (24) pelo Motherboard coloca a rede social MySpace em uma posição realmente delicada. De acordo com o site, funcionários da plataforma tinham o costume de espionar seus próprios usuários utilizando uma ferramenta interna chamada Overlord, que havia sido desenvolvida para fins bem específicos. As informações teriam sido oferecidas por dois ex-colaboradores anônimos da companhia.

Embora o MySpace tenha sido abandonado por internautas em detrimento de redes sociais mais modernas, o serviço chegou a contar com mais de 100 milhões de usuários em 2006 — e foi justamente nesse auge que as violações aconteciam. Uma das fontes explica que o Overlord era basicamente “um backdoor para a plataforma inteira do MySpace”, embora ele tenha sido projetada para fins de administração e remoção de conteúdo ilegal.

“A ferramenta era usada para ganhar acesso às credenciais de login de namorados e namoradas”, exemplificou um dos ex-funcionários. A fonte comentou ainda que o Overlord era muito fácil de usar e revelava a senha do usuário-alvo em um arquivo de texto simples. Apesar das constantes violações, o delator garante que a empresa tinha a capacidade de detectar esse tipo de atividade e punir os responsáveis.

Procurado pelo Motherboard, o MySpace afirmou, através de um porta-voz, que uma ferramenta como o Overlord “nos permite cumprir leis e intimações legais”, tal como “nos permite proteger os usuários contra ameaças de segurança e bullying virtual”. O executivo comentou ainda que o abuso do software resulta no desligamento imediato do funcionário infrator, embora não tenha sinalizado se esse tipo de incidente é recorrente ou não.


Fonte: Motherboard

Share twitter/ facebook/ copy link
Please enter at least 3 characters 0 Results for your search

Que tal falar conosco sobre parcerias e oportunidades?

Vamos tomar um café. Mande um email para hello@thehack.com.br.