Read, hack, repeat

Quase 280 criadores do OnlyFans tiveram seus conteúdos adultos vazados

Guilherme Petry 0 min

Quase 280 criadores de conteúdo adulto para a plataforma OnlyFans, tiveram seus vídeos e fotos roubados, compilados e expostos em um repositório gigante e gratuito do Google Drive, no mês passado.

O vazamento massivo foi identificado pela firma norte-americana de segurança da informação, BackChannel, em um fórum muito popular de compartilhamento de vazamentos, na internet superficial.

Compartilhar conteúdo adulto de criadores independentes do OnlyFans (e de outras plataformas de pornografia) não é nenhuma novidade. Mas, de acordo com o BleepingComputer, que recebeu a informação de Aaron DeVera, fundador da BackChannel, este é um vazamento massivo, que reúne 279 criadores de conteúdo.

Para acessar o link do Google Drive é necessário criar uma conta e fazer um comentário, por isso, nem a The Hack, nem o BleepingComputer foram capazes de identificar o tamanho real do repositório. No entanto, DeVera disse ao Bleeping Computer, que pelo menos uma pasta (que representa um criador) tem mais de 10 GB de vídeos e fotos.

Não é possível identificar tamanho real do vazamento por ser necessário criar uma conta e comentar no anúncio para ter acesso ao link. Foto: BleepingComputer.
Não é possível identificar tamanho real do vazamento por ser necessário criar uma conta e comentar no anúncio para ter acesso ao link. Foto: BleepingComputer.

Ainda segundo DeVera, que é membro da Força-Tarefa de Abuso Sexual Cibernético de Nova York, EUA, os conteúdos foram provavelmente extraídos em outubro de 2020 e devido a grande quantidade de criadores, ele acredita que o conteúdo tenha sido compilado por um grupo de pessoas.

OnlyFans

OnlyFans é um site de conteúdo adulto onde criadores de conteúdo publicam fotos e vídeos e interagem com seus seguidores, por um valor preestabelecido. É comum que um usuário que pague para ver as fotos e vídeos de um/uma modelo, compartilhe esses conteúdos com seus amigos nas redes sociais. DeVera acredita que o OnlyFans, no entanto, não se preocupa com o controle do conteúdo que media

"OnlyFans tem controles de conteúdo um tanto fracos em torno de seu conteúdo. Há uma abundância de bots e scrapers que um assinante legítimo pode usar", disse DeVera ao BleepingComputer.

A BackChannel informa que está investigando o vazamento além de estar tentado contato com a Faculdade da Cidade de São Francisco, nos EUA, de onde aparentemente foram upados os arquivos.

Vazamento conta com data e endereço de onde foi upado. Foto: BleepingComputer
Vazamento conta com data e endereço de onde foi upado. Foto: BleepingComputer

Além disso, a empresa criou uma ferramenta para que os criadores do OnlyFans possam checar se fazem parte dos 279 afetados.

Captura de tela da ferramenta de checagem de criadores que tiveram seus conteúdos vazados, desenvolvida pela BackChannel.
Captura de tela do site onde está hospedado a ferramenta de checagem de criadores que tiveram seus conteúdos vazados, desenvolvida pela BackChannel.

O BleepingComputer entrou em contato com o Google, que pode facilmente derrubar o link do repositório, mas não obteve reposta.

Esse não é o primeiro vazamento massivo do OnlyFans. De acordo com o Insider, em fevereiro de 2020, terabytes de conteúdo adulto de influenciadores digitais foram upados de forma gratuita no site Mega. Estimativas do vazamento variam  de 1,4 Terabytes até 4 Terabytes (4000 GB).


Fontes: BleepingComputer; Ferramenta de checagem da BackChannel; Insider;

Compartilhar twitter/ facebook/ Copiar link
Você se inscreveu com sucesso no The Hack
Bem vindo de Volta!
Massa! Você se registrou com sucesso.
Sucess! Sua conta está completamente ativada.