Read, hack, repeat

Tentativas de fraudes no ecommerce aumentaram 18% na quarentena, aponta relatório

Ramon de Souza 0 min

Os novos hábitos impostos para a população com o novo coronavírus (SARS-CoV2) refletem também nas compras online e, com isso, as tentativas de fraudes no comércio eletrônico. Um levantamento realizado pela ClearSale, empresa de soluções antifraude, apontou um aumento de 18% nas tentativas de fraudes no primeiro mês de isolamento, totalizando R$ 69 milhões de fraudes evitadas.

O segmento de Drogarias foi um dos que teve a maior tentativa de fraudes no período, com alta de 60%. O estudo da ClearSale também aponta que os novos compradores que passaram a usar o ecommerce na quarentena compram 85% mais, utilizando o canal com mais frequência.

"Ao contrário do que se imagina, mais vendas não significam necessariamente mais fraudes em números relativos, mas quando olhamos os números absolutos, fica claro o crescimento", afirma Omar Jarouche, diretor de soluções da ClearSale. "Este é um período em que os fraudadores aproveitam para roubar esses dados e fazerem compras futuras, com um reflexo a médio e longo prazo na curva de aumento das fraudes", completa o executivo.

Os segmentos que tiveram mais tentativas de fraudes, com crescimento no período foram: Drogarias, com 60%, seguido por Magazines, 50% e Vestuários, com 25%.

Para o levantamento, mais de R$ 4,7 bilhões em transações foram analisadas, o que representa cerca de 10,4 milhões de pedidos, considerando aqueles com pagamento via cartão de crédito. Para o estudo, foram considerados os períodos de 15 de janeiro a 20 de fevereiro, antes das medidas para contenção do coronavírus, e de 1º a 20 de abril, já com as pessoas em isolamento social, comparando a variação média diária entre os períodos.

"Para não ser vítima de fraudes, o consumidor deve evitar realizar compras em sites suspeitos, e preferir o cartão de crédito como forma de pagamento. Ao optar por esse método, em vez do boleto ou transferência bancária, o cliente consegue contestar a cobrança junto ao banco, o que não é possível com os outros métodos", finaliza Jarouche.


Fonte: ClearSale

Compartilhar twitter/ facebook/ Copiar link
Você se inscreveu com sucesso no The Hack
Bem vindo de Volta!
Massa! Você se registrou com sucesso.
Sucess! Sua conta está completamente ativada.