Read, hack, repeat

Empresa declara falência após sofrer vazamentos de dados

Ramon de Souza

A Retrieval-Masters Creditors Bureau (RMCB), agência norte-americana de recuperação de crédito, declarou falência na última semana alegando ter sofrido com “despesas enormes” após dois vazamentos que expuseram dados sensíveis de seus clientes. Atuando no segmento de saúde, a RMCB vazou informações de 11,9 milhões de pacientes entre agosto de 2019 e março de 2019; posteriormente, a empresa sofreu mais um incidente cibernético no começo deste mês, afetando mais 7,7 milhões de estadunidenses.

Como resultado, a recuperadora teria perdido quatro de seus maiores parceiros: a Quest Diagnostics, a LabCorp, a Conduent e a CareCentrix — todas são provedoras de serviço de saúde ou laboratórios de diagnóstico de grande influência nos EUA. Como se perder seus clientes mais lucrativos não fosse o suficiente, a RMCB também cita ter gasto mais de US$ 3,8 milhões apenas para contatar os civis afetados pelos dois vazamentos. Um gasto adicional de US$ 400 mil foi registrado para a contratação de consultores especializados.

O mais interessante é que, de acordo com a declaração da RMCB, seu próprio CEO, Russell H. Fuchs, teria emprestado US$ 2,5 milhões para tentar desafogar as finanças da agência. Entre outras medidas adotadas pela empresa para reduzir o impacto dos incidents foi cortar a sua equipe, que era de 113 pessoas e hoje é composta por apenas 25.

Por mais que a RMCB tenha declarado falência, a marca ainda terá que enfrentar três processos em andamento em Nova Iorque e na Califórnia.


Fonte: Krebs on Security

Compartilhar twitter/ facebook/ copiar link
Insira alguma palavra-chave. 0 Aqui está o que nós encontramos

Que tal falar conosco sobre parcerias e oportunidades?

Vamos tomar um café. Mande um email para hello@thehack.com.br.