Read, hack, repeat

Mozilla demite 250 colaboradores e muda foco para “produtos de privacidade”

Ramon de Souza 0 min

Não está fácil para ninguém: a Mozilla, empresa famosa pelo seu navegador Firefox, acaba de anunciar a demissão de pelo menos 250 pessoas de seu quadro de colaboradores. O corte simboliza 1/4 do time global atual da companhia e acabará, inclusive, obrigando o fechamento das operações da marca em Taipei, em Taiwan. Segundo o comunicado oficial, “outras 60 pessoas ou mais” serão realocadas para outras funções.

De acordo com Mitchell Baker, a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV2) afetou significamente os lucros da Mozilla, fazendo com que seus planos pré-crise se tornem “impraticáveis”. Isto posto, a companhia pretende mudar seu foco para o desenvolvimento de produtos mais rentáveis, como o app de leitura Pocket, a Mozilla VPN e a plataforma de interação digital Mozilla Hubs.

Baker também adiantou que a empresa pretende criar novos produtos com foco no segmento de segurança e privacidade, oferecendo soluções que “mitiguem ameaças” e que “as pessoas amarão usar”. Até então, a Mozilla fazia dinheiro primariamente através de contratos com motores de busca, royalties, assinaturas e anúncios publicitários. Ao que tudo indica, porém, todos esses setores tiveram uma baixa durante a pandemia.

O executivo também garantiu que os funcionários desligados continuarão recebendo “pelo menos” seu salário-base até o fim do ano, além de ter seus nomes listados em um “diretório de talentos” para ajudá-los a conseguir novas oportunidades. “As pessoas incluídas nesse corte são verdadeiros Mozillians e profissionais com alto grau de habilidades, conhecimentos e comprometimento”, garante.


Fonte: The Verge

Compartilhar twitter/ facebook/ Copiar link
Você se inscreveu com sucesso no The Hack
Bem vindo de Volta!
Massa! Você se registrou com sucesso.
Sucess! Sua conta está completamente ativada.