Read, hack, repeat

Dois vão presos nos EUA por vender Adderall falsificado na darkweb

Guilherme Petry 0 min

Dois homens norte-americanos foram presos, acusados de “conspiração multimilionária de distribuição de drogas na dark web”, na quinta-feira (11). De acordo com o Departamento de Justiça dos EUA (DOJ), os homens teriam utilizado um marketplace na dark web, além de um serviço de mensagens criptografadas chamado Wickr, para vender Adderall falsificado.

Adderall é um estimulante baseado em anfetamina, muito popular no tratamento de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). No Brasil, o remédio é proibido pela Anvisa, mas nos EUA é legal. No entanto, de acordo com o DOJ, os cibercriminosos estavam anunciando Adderall,  mas, estavam entregando uma droga falsificada, com fórmula química diferente, baseada em metanfetamina.

Kevin e Eric, (31 e 35 anos respectivamente), prestaram depoimento ao Departamento de Justiça dos EUA na sexta-feira (12). Além das prisões, a polícia local apreendeu também mais de “US$ 5 milhões em bens supostamente ligados à atividade do tráfico de drogas”.

“Kevin [...], 31, e Eric [...], 35, ambos de Katy [Texas, EUA], foram acusados ​​em uma queixa apresentada no Distrito Ocidental do Tennessee. Kevin é acusado de conspiração e distribuição ilegal de substâncias controladas, e Eric é acusado de conspiração. Kevin e Eric foram presos ontem e fizeram sua primeira aparição esta tarde”, escreve o departamento em nota à imprensa, publicada na sexta-feira (12).

Fonte: Departamento de Justiça dos EUA.

Compartilhar twitter/ facebook/ Copiar link
Você se inscreveu com sucesso no The Hack
Bem vindo de Volta!
Massa! Você se registrou com sucesso.
Sucess! Sua conta está completamente ativada.