Read, hack, repeat

É oficial: Microsoft encerra atualizações de segurança para o Windows 7

Ramon de Souza 0 min

Isto é o que podemos chamar de tragédia anunciada: como avisado de antemão, a Microsoft encerrou hoje (14) o suporte para o Windows 7, antiga versão do seu sistema operacional lançada a dez anos atrás. Isso significa que, a partir desta terça-feira, os usuários do SO não receberão mais atualizações de segurança e correções para vulnerabilidades que venham a ser encontradas — a única exceção são os usuários corporativos que adquiriram a versão com suporte estendido, cujo fim será em 2023.

O problema é que, conforme apurado pela Kaspersky, o sistema operacional ainda responde por pelo menos 37% das máquinas brasileiras; somos o maior usuário da versão defasada na América Latina, seguido pela Argentina (35%), Colômbia (33%), Peru (29%) e México (28%). Porém, a situação se torna ainda mais crítica quando sabemos que a taxa média de penetração do Windows 7 em outros mercados ao redor do mundo é de, em média, 41% (contando máquinas para usuários finais e para uso industrial).

Ou seja: quase metade de todos os computadores do mundo, possivelmente, estarão mais vulneráveis a ataques cibernéticos a partir de hoje. “Sabemos que há usuários que optam por não atualizar o sistema operacional, seja por custo, hábito ou porque outros programas não são compatíveis com as versões mais recentes. No entanto, um sistema operacional obsoleto que não possui correções de segurança é um risco muito grande à cibersegurança”, explica Dmitry Bestuzhev, diretor da Equipe de Investigação e Análise da Kaspersky na América Latina.

Felizmente, graças a uma “falha teoricamente intencional” por parte da própria Microsoft, qualquer pessoa que tenha uma licença válida do Windows 7 ainda está apta a atualizar gratuitamente para o Windows 10. Embora a campanha de atualização gratuita tenha terminado meses após o lançamento da versão mais recente do sistema, basta baixá-la, criar uma mídia removível usando a  Media Creation Tool e informar sua chave de licença atual, assim que ela for requisitada. Só não se esqueça de anotar esse código com antecedência.


Fonte: Engadget, Inforchannel

Compartilhar twitter/ facebook/ Copiar link
Você se inscreveu com sucesso no The Hack
Bem vindo de Volta!
Massa! Você se registrou com sucesso.
Sucess! Sua conta está completamente ativada.