Read, hack, repeat

[Infográfico] A história do spam (e do phishing)

Ramon de Souza

Criar uma forma de transmitir mensagens particulares através do computador parecia uma ótima ideia lá no começo dos anos 70 — naquela época, a internet como conhecemos hoje ainda nem existia e tudo o que tínhamos era a ARPANET, usada principalmente para fins militares. De fato, o email só foi concretizado em 1977, mas, logo no ano seguinte, algumas pessoas já começaram a abusar da nova ferramenta.

Gary Thuerk, que na época trabalhava no departamento de marketing da Digital Equipment Corporation, enviou uma mensagem publicitária de um novo modelo de computador para 393 pessoas simultaneamente — uma atitude que, embora tenha gerado algumas vendas para a empresa, também causou reações negativas entre os usuários da ARPANET (e até mesmo um carinhoso pedido formal para que o marqueteiro não repetisse o ato).

Contudo, uma década depois, o spam renasce em jogos estilo multi-user dungeons (MUD), que são baseados em texto — alguns internautas maldosos “spammavam” outros jogadores para impedi-los de jogar. O termo spam só se tornou popular na década de 90, quando também começaram a surgir os primeiros golpes de phishing. Hoje em dia, cerca de 4,7 bilhões de emails de phishing são enviados diariamente ao redor do globo.

Quer aprender mais sobre a história dessa ameaça? Então confira abaixo um infográfico bem bacana (em inglês) feito pelo pessoal da Avanan em parceria com a NowSourcing, agência norte-americana especializada em infografia.


Fonte: Avanan

Compartilhar twitter/ facebook/ copiar link
Insira alguma palavra-chave. 0 Aqui está o que nós encontramos

Que tal falar conosco sobre parcerias e oportunidades?

Vamos tomar um café. Mande um email para hello@thehack.com.br.