Read, hack, repeat

Quais “ricaços” da tecnologia estão colaborando mais para acabar com a COVID-19?

Ramon de Souza 0 min

Já dizia o sábio Ben Parker: com grandes poderes vêm as grandes responsabilidades. Você não pode simplesmente estar no topo da lista das pessoas mais ricas do mundo e ficar sentado achando que o resto do mundo não esperará que você destine pelo menos uma fração da sua renda para uma causa humanitária. E a maior prova disso é a inauguração do Billionaire Board, um site criado para monitorar o quanto os bilionários mais famosos do globo estão doando dinheiro para ONGs e iniciativas diversas.

Naturalmente, a página — que foi criada por Zach Tratar, engenheiro de produto da Stripe, em parceria com uma série de pesquisadores — tem como maior objetivo rastrear quais ricaços estão ajudando mais a combater a COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV2). Por isso, a página elenca alguns nomes que estão se destacando, sobretudo, no financiamento de pesquisas que visam encontrar uma cura (ou pelo menos frear o contágio) para tal condição médica.

Atualmente, o topo do pódio está sendo ocupado por ninguém menos do que Jack Dorsey, CEO do Twitter, cuja fortuna está estimada em US$ 3,8 bilhões. No total, Jack já doou US$ 1 bilhão e investiu US$ 100 mil sobretudo em iniciativas relacionadas ao combate da COVID-19. Logo em seguida temos Bill Gates, fundador da Microsoft, que tem US$ 97,8 bilhões na conta bancária e doou US$ 36,6 bilhões, sobretudo para a área da educação (através da Fundação Bill & Melinda Gates).

(Reprodução: Billionaire Board)

Em terceiro lugar, temos Jeff Bezos, fundador da Amazon, cujo patrimônio é de US$ 131 bilhões e o total de doações já atinge a marca de US$ 12,1 bilhões. Como você já deve ter percebido, o Billionaire Board não se orienta exclusivamente no montante total doado, mas sim na relação patrimônio-volume de doação. Outras variantes, como quantidade de iniciativas contribuídas e frequência de colaboração financeira também são levados em conta — e é por isso que Jack Dorsey leva o troféu de ouro.

(Reprodução: Billionaire Board)

Confira o restante do top 10: Warren Buffet (patrimônio de US$ 73,3 bilhões; US$ 39,3 bilhões em doações), Mark Zuckerberg (patrimônio de US$ 62,3 bilhões; US$ 4,8 bilhões em doações), Ma Huateng (patrimônio de US$ 38,8 bilhões; US$ 4,9 bilhões em doações), Masayoshi Son (patrimônio de US$ 21,6 bilhões; US$ 432 milhões em doações e US$ 3,5 bilhões em investimentos), Michael Bloomberg (patrimônio de US$ 55,5 bilhões; US$ 3,9 bilhões em doações e US$ 5 milhões em investimentos), Marc Benioff (patrimônio de US$ 6,3 bilhões; US$ 384 milhões em doações) e Elon Musk (patrimônio de US$ 31,2 bilhões; US$ 1,1 bilhão em doações).

Se você também tem a curiosidade de saber a lista de ricaços que estão doando suas fortunas para causas humanitárias, acesse o Billionaire Board para conferir a lista completa de 29 nomes e obter mais detalhes sobre as doações de cada executivo.


Fonte: Billionaire Board

Compartilhar twitter/ facebook/ Copiar link
Você se inscreveu com sucesso no The Hack
Bem vindo de Volta!
Massa! Você se registrou com sucesso.
Sucess! Sua conta está completamente ativada.