Read, hack, repeat

LinkedIn faz proposta e SlideShare é comprada pelo Scribd

Ramon de Souza 0 min

A SlideShare, famosa plataforma de compartilhamento de “apresentações de slides” (leia-se: arquivos PPT ou PDF usados em palestras ou aulas) acaba de ganhar um novo dono. O serviço, que havia sido comprado pelo LinkedIn em 2012 por US$ 118 milhões, agora passa a ser propriedade da Scribd, a “maior biblioteca digital do mundo”, após um acordo financeiro cujos valores não foram divulgados.

O Scribd, para quem não conhece, é um site de armazenamento e compartilhamento de documentos em geral. Inicialmente, ele foi utilizado para guardar cópias de relatórios, trabalhos acadêmicos, rascunhos de obras literárias e até mesmo — de forma polêmica — reproduções pirateadas de publicações protegidas por direitos autorais. A rede passou por uma reformulação em 2013 e ganhou uma opção de assinatura para ebooks oficiais.

“Os dois produtos sempre tiveram missões similares. A diferença era, o SlideShare focou mais em apresentações PowerPoint e usuários corporativos, enquanto nós focamos mais em PDFs, documentos Word e conteúdos escritos em formato extenso, mais no público generalista”, explicou Trip Adler, CEO do Scribd. As companhias também nasceram em momentos parecidos: em 2006 e 2007, respectivamente.

Segundo Adler, a negociação teve início com uma proposta da própria Microsoft (hoje dona do LinkedIn) e foi encarada como uma ótima chance de aumentar sua biblioteca de conteúdos, abraçando mais de 40 milhões de apresentações e 100 milhões de usuários únicos por mês ostentados pelo SlideShare. A “troca de chaves” será feita oficialmente no dia 24 de setembro e o executivo garante que, a priori, não serão realizadas alterações no serviço.


Fonte: TechCrunch

Compartilhar twitter/ facebook/ Copiar link
Você se inscreveu com sucesso no The Hack
Bem vindo de Volta!
Massa! Você se registrou com sucesso.
Sucess! Sua conta está completamente ativada.