Read, hack, repeat

HP lança ProBook 445 G7 para home office com recursos de segurança

Ramon de Souza 0 min

Na última terça-feira (15), a HP reuniu jornalistas em uma conferência online para apresentar o novo HP ProBook 445 G7, notebook voltado ao uso corporativo e que chega ao mercado no momento certo — com as empresas sendo obrigadas a dispensar seus colaboradores para trabalhar remotamente, o aparelho se mostra uma opção mais robusta, com características da família Elite, mas com um preço bem mais acessível.

A The Hack esteve presente no evento e pôde conhecer as particularidades do modelo, que tem preço inicial de R$ 4.875,08 (pela loja online oficial da marca). O produto sai de fábrica com os novos processadores AMD Ryzen 4000 Series, 8 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento interno via SSD. A tela é de 14 polegadas e o sistema operacional de fábrica é o Windows 10.

“Globalmente, o ProBook é uma plataforma conhecida por nossos clientes. É uma família versátil que atende a todos os segmentos”, explica Vinicius Hammer, gerente de produto de notebooks da HP Brasil. Ressaltando o custo-benefício do equipamento, a marca convidou o nadador César Cielo para fazer um comparativo sobre o desempenho do gadget. “Hoje estamos vendo um novo recorde mundial em termos de performance”, afirmou Cielo.

O que mais chama atenção no novo ProBook 445 G7, porém, são os recursos de segurança, apropriados sobretudo para o trabalho home office. Primeiramente, o modelo conta com uma webcam cover nativa e embutida em seu chassi, o que facilita muito a vida de quem deseja mais privacidade em relação ao componente — todo mundo sabe que aquelas capinhas adesivas externas acabam estragando com facilidade.

Esquema de funcionamento do Sure Start (Reprodução: HP)

Ademais, o laptop possui com três tecnologias de segurança proprietárias da HP. A primeira é a Sure Start, que analisa a BIOS durante o boot do aparelho para remover automaticamente qualquer indício de malware, rootkit ou ameaça persistente que tenha se instalado no cerne da máquina. Um controlador verifica se não há alterações no firmware e, no caso de problemas, faz a restauração da BIOS de um backup seguro.

Em seguida, temos o Sure Sense, uma proteção de endpoint integrada que utiliza deep learning para identificar padrões de comportamento suspeitos e bloquear atividades maliciosas até mesmo de malwares ainda desconhecidos — trata-se de uma tecnologia feita em parceria com a Bromium, empresa israelense que foi comprada pela HP justamente para facilitar a integração dessa tecnologia.

Por fim, temos o HP Sure View (disponível apenas para algumas versões), que é uma espécie de película de privacidade integrada ao display; e o Sure Click, que isola automaticamente páginas da web e documentos em uma espécie de sandbox invisível, impedindo que um “clique errado” acabe infectando toda a máquina. Todos esses recursos eram exclusivos da linha EliteBook, família high end da marca.

A The Hack está com uma unidade do ProBook 445 G7 em mãos e, em breve, publicaremos uma análise completa do dispositivo.


Compartilhar twitter/ facebook/ Copiar link
Você se inscreveu com sucesso no The Hack
Bem vindo de Volta!
Massa! Você se registrou com sucesso.
Sucess! Sua conta está completamente ativada.